Microsoft acaba de adquirir Linkedin por 26,2 bi de dólares, marcando com uma das maiores fusões de tecnologia dos últimos tempos e dando uma posição para a gigante dos software no mundo das redes sociais.

A Microsoft anunciou o acordo nesta manhã de segunda feira (13) em seu blog oficial.

Se comparar-mos com outras aquisições da Microsoft, sem dúvida esta é a maior. Em 2013 adquiriu a Nokia por 7,6 bi de dólares e em 2011 8,5 bi de dólares pelo Skype.

LinkedIn foi fundada em 2002 e se transformou na maior rede social profissional da atualidade, com cerca de 105 milhões de usuários ativos mensalmente e mais de 433 milhões de contas.

A ideia com a aquisição seria acelerar o crescimento do LinkedIn, bem como o Microsoft Office 365.

Jeff Weiner, CEO do Linkedin, disse que a fusão vai ajudar a Microsoft a se tornar a principal empresa de b2b do mercado.

Weiner permanecerá no comando do Linkedin de acordo com comunicado a imprensa.